quinta-feira, 6 de abril de 2017



FASCINAÇÃO
Se estou com você
O verde das Palmeiras tem mais brilho
O céu é mais azul ao alvorecer
E os pássaros cantam o amor em estribilho
Sou Eos, Aurora, sou alvorada a se encontrar
Com a madrugada envolta em seus mistérios
Arco-iris abraçando o céu e o mar
Sou dá paixão e do amor o elo
Sinto-me imutável como Héstia
Roubo de Hera a felicidade
Sou as Graças, Carites sou fertilidade
Sentindo em minhas mãos as tuas a me afagar
E o sopro do vento em meus lábios a beijar
Sou chama,fogo, sou o amor a incendiar.
Joana D.M.A.Mata 101 - São Paulo SP Brasil 06-04-17


CARTA DE AMOR
Quero te dizer: Sempre irei te amar
Mesmo que a terra pare de girar
Que as cores fujam das águas do mar
Meu amor por te, nunca irar findar
Mesmo que o sol parta nos condenando a negritude
Que no céu as estrelas não voltem a acender
Que os deuses roubem de ti este fulgor de juventude
Nunca vou deixar de te querer
Te amo de forma tão intensa
Que este amor sobreviverá ao tempo
E vencerá qualquer contratempo
E mesmo quando nesta vida não mais estivermos
Em versos meu amor será cantado até o grande dia
Quando se cumprirá do soberano mestre a profecia
Joana D.M.A.Mata 100 São Paulo-Brasil 05-04-2017

terça-feira, 4 de abril de 2017

VIDA
E a vida, o que vem a ser?
pra felicidade,partida
ou a cada instante 
eterno padecer
Por que o medo de ser feliz
se nada é eterno
Se penso, algo me diz
A vida é despautério
Somos simplesmente aprendiz
as mais belas viagens centram-se na ilusão
de cada amor fica no peito a cicatriz
pedaços de ternura pincelados de decepção.
Portanto,
Vamos viver e seguir a direção do vento
aproveitar da vida todo encanto
sorrir,amar e se preciso deixar cair o pranto.
Joana D.M.A.Mata 099 - São Paulo SP Brasil 04-04-17
REALIDADE
Vida viagem
Eterna ilusão
Voragem
Paixão
Caminhos,ousadia
E o amor traz
Horas de nostalgia
Outras de paz
A meta A ETERNIDADE
Na terra o rastro
Depois saudade
Resumo dá vida
Nascimento
Partida.
Joana D.M.A.Mata 098 São Paulo/Brasil 04-04-17
Gosto
CONVITE
Vem
Já tô partindo
Tô sem ninguém
Mas tô indo
A estrada
É longa
Complicada
Mas vou sem delongas
Caminho
Levando certeza
Não sou adivinho
E nem levo tristeza
Mas vou ser feliz
Porque na verdade
Não sou eu que diz
Que a felicidade
Só é certa e forte
Quando se dá o casamento
Do amor com a sorte
E o discernimento.
Joana D.M.A.Mata 97 SPaulo Brasil 03/04/2017
Gosto


ENAMORADA
Quando ouço teu sorriso na manhã
Meu sangue esquenta e se retempera
Se ganho seu beijo com gosto de maçã
Ai meu dia ganha a cor da primavera
Enamorada logo almejo
Que o nosso amor não se torne quimera
Pois vejo em ti promessa e desejo
Eterna chama que em do me peito se apodera
Em ti tudo me atrai
Sem ti minha vida não tem razão
Pois és a corda que faz pulsar meu coração
Amor, cheguei a conclusão
Que seja qual for a situação
Vou te amar para sempre.
Joana D.M.A.Mata 96 S.P. Brasil 30-03-17

segunda-feira, 3 de abril de 2017

BATE BOCA
Veja se me entende
Não gosto de ser enrolada
Sou mulher de sangue quente
Não nasci sardinha pra ser enlatada
Se quer ficar comigo
Toma tua linha
Não gosto de quem erra pra depois pedir abrigo
Muito menos de homem galinha
Não sou padre pra distribuir perdão
Tentou me fazer de boba logo fico furiosa
E se vier com desculpas fico mais nervosa
É assim mesmo que sou
De lenga, lenga já me cansei
É pegar ou largar e não diga que não te avisei.
Joana D.M.A.Mata 95 SP Brasil 30-03-17

quinta-feira, 30 de março de 2017

QUANDO A NATUREZA DESPERTA
Despertando do sono, a natureza
Veste a terra com as luzes da claridade
E do céu com a mais pura realeza
Desce a aurora pra saudar a cidade
É um cenário de inenarrável beleza
Que se descortina a cada amanhecer
Com certeza é nosso Deus
Nos abençoando sem esperar o nosso agradecer
E em bandos as andorinhas
Cortam o céu a voar
Enquanto o sol começa a nos esquentar
E o relógio do tempo sempre a caminhar
Nos jardins as poucos as flores vão se abrindo
Para perfumar o novo dia que vem vindo
Joana D..A.Mata 94 SP Brasil 30-03-17
MIRAGEM
Tens na pele a magia das mais belas cores
Peito nu a exibir o teu porte belo
teus olhos com o azul do céu e a esmeralda faz um elo
e a deusa da beleza apaixonada canta a ti louvores
Es o precursor de eróticos sonhos
Inspiração dos poetas e escritores
que em rima e verso exalta teus primores
rosto perfeito emoldurado com cachos castanhos
Passos elegantes e precisos
sorriso meigo que a todos encanta
es da natureza mais fina estampa
quem me dera pudesse parar o tempo
para eternizar a tua imagem
para ser contemplada por toda eternidade.
Joana D.M.A.Mata 93 SP Brasil 29-03-17
ANSIEDADE
Angustiada olho o telefone
Triste penso em nossa vida
Enquanto o dia vagaroso some
Ansiosa espero a sua vinda
Amargurada chamo pelo seu nome
Imaginando onde estarias agora
Enquanto a hora pouco a pouco some
Deixando-te vivo em minha memoria
Sigo assim passo a passo minha vida
sem encontrar saída
amargando horas sofridas
E assim longe mais tao perto de ti
sigo solitária minha estrada
Pela tristeza acorrentada
Joana D.m.A.Mata 92 SP Brasil 29-03-17
G
MEU DESPERTAR
Ao amanhecer oro aos pés de Jesus
Porque tenho fé e acredito
Que meu caminho com ele será de luz
E o meu dia será bendito
Vai aliviar minha dor
Orientar-me em cada decisão
Abrandar minha alma quando me fizer agressivo
E aos meus inimigos ensinar a conciliação
E a cada falso passo
Que as vezes a mim mesmo causa espanto
Vou me redimir sem deixar encalço
E quando me sentir fraco
Ou com minha alma inconstante
Contar com o amor de Jesus pois bem sei que é constante.
JoanaD.M.A.Mata SP Brasil 29-03-17
VIVA O CIRCO
O dia 27 de março foi escolhido como dia do circo em homenagem ao palhaço brasileiro Abelardo Pinto , conhecido como Piolim, que nasceu nesta data em 1897 na cidade de Ribeirão Preto - SP
Quando um circo aparecia
na minha pequena cidade
Pra todos trazia
muita felicidade
Antes de começar a seção
Era aquela correria
algodão doce, pirulito aos montão
E a criançada se divertia
Palhaços, equilibristas
Bailarinas,
malabaristas
e trapezista
Os palhaços com certeza
No picadeiro fazia a todos sorrir
para afugentar a tristeza
e de ilusão a vida colorir
As bailarinas
dançavam sem parar
enquanto as meninas
sonhavam estar em seu lugar
Ágeis os malabaristas
sempre sorridentes e muito coloridos
com suas argolas davam mil voltas
Muito alegres e descontraídos
As trapezistas mais pareciam borboletas
voando como se fossem chegar ao céu
no trapézio faziam piruetas
e se jogavam corajosas ao léu
Mas no dia que o circo partia
Era uma tristeza sem igual
Na cidade era só monotonia
A saudade era geral.
JOANA D.M.A.MATA 90 SP Brasil 27-03-2017
Foto de Joana Mata.

segunda-feira, 27 de março de 2017

LENDA DO RIO GUAPORÉ
Amanheceu e o sol surgiu
Pra alegrar a manhã
Faz pouco tempo que a lua partiu
Rumo a tribo do meu Uanhã
Diz a lenda que com certeza
Durante o dia a lua se esconde no Guaporé
E misturando-se a correnteza
Derruba os pescadores batoré
Enquanto isto a Yara faceira
Indiferente à manhã que nasceu
Recolhe os náufragos e feiticeira
A vida a todos devolveu
E conta a lenda que em seguida
Transformou a todos em monstro feroz
Para poder tomar banho despida
E sonhar voando nas asas de um albatroz.
Joana DE.M.A.Mata 89 SP Brasil 25-03-2017
NATUREZA
O mar, o farol e o luar
As ondas preguiçosas a quebrar
O lua serena a testemunhar
Na noite escura a mansidão do mar
A chuva que cai,
A brisa que passa, tudo é paz
Do farol se avista o cais
E na praia as espumas se desfaz
Mas de repente o mar se agita
O vento é canto misterioso
Uma tempestade não prevista
E o mar de sereno se torna furioso
E a tempestade desliza mar a fora
E o farol a iluminar as águas agitadas
A manhã que não tarda se fazer agora
espumas no cais amareladas
o sol assustado desiste de brilhar
areias misturam-se as águas turvas
peixes assustados a murmurar
o vento furioso fazendo curvas
os pescadores rende-se a grandeza do mar
o farol imóvel resiste a tempestade
é mais um dia que seu sustento ira se escassear
é a natureza fazendo valer sua vontade.
Joana D.M.A.Mata 88 SPBrasil 22 -03-17
CONFISSÃO
Não me leve a serio
pois as vezes penso que não sou normal
Tenho uma cabeça cheia de mistério
Por vezes sou moralista outras amoral
Quando estou apaixonada
falo que o amor é imortal
Mas de repente dou uma guinada
E afirmo que na vida amar é condicional
A melhor poesia que escrevi
Com certeza ninguém viu
Pois a duras penas descobri
Que no abismo dos meus delírios caiu
Fiquei enlouquecida procurando salvar
Mas nem sempre sei o que quero
Daí não foi difícil comprovar
Que de tanto pensar me enrolei e cai no desespero.
JDMAM 87 SPBrasil 22-03-17
Gosto
Comentar
QUANDO CHEGA O OUTONO
Está frio mas as aves estão a cantar,
Ouço gorjeios e sussurros pelas paradas
A brisa anuncia que o outono está no ar
E os Ipês guardam para a primavera suas floradas.
Folhas pálidas e douradas,
Soltam-se com leveza ao vento
Perdidas , leves e caladas
Sem futuro é sem alento
E o frio nos queimando a pele
Atravessa dias e semanas
Enquanto o amor aos pouco compele
Efêmeras e ardentes paixões sobre humanas.
E assim caminha está estação
Sem que possamos nem mesmo deter
O gelo que deixa em nossos coração
E a dor que nos condena a padecer.
JDMAM 86 SPBrasil 22-03-17
Gosto
Comentar
Related Posts with Thumbnails

Arquivo do blog